Ministro destaca importância da Defesa Agropecuária, mas ressalta necessidade de mudanças

Terça-feira, 28/11/2017 às 00:00, Imprensa Blairo Maggi

Na cerimônia de aniversário de 40 anos da criação da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) nesta terça-feira (28), o ministro Blairo Maggi, destacou a importância do órgão para a garantia da segurança sanitária e fitossanitária dos alimentos, mas alertou sobre a necessidade de mudanças estruturais que assegurem o melhor acompanhamento do Estado no processo de fiscalização.

 

“Nós últimos 40 anos o Brasil avançou muito na agricultura e pecuária”, disse Blairo Maggi. ”Passamos de grandes importadores para grandes players no mundo do agronegócio e por isso as mudanças são necessárias”.

 

Há alguns meses, o Mapa contratou consultoria independente para formatar mudanças na estrutura da SDA que possibilitem o melhor acompanhamento do setor.

 

No entanto, o ministro deixou clara a importância do trabalho dos fiscais e garantiu que não haverá “perda de poder”, nem redução do controle do Estado nos trabalhos desenvolvidos pela SDA. Para o ministro, é fundamental o apoio dos servidores para concretização das mudanças.

 

As propostas, segundo Maggi, estão sendo analisadas. A principal mudança a ser implementada é a verticalização do processo e consequente eliminação de influência política.

 

“Havia sempre uma reclamação por parte dos nossos compradores mundiais de que poderia haver influência política no processo decisório. Com esse sistema que nós estamos propondo elimina-se muito essa possibilidade”, explicou o ministro.

 

O secretário de Defesa Agropecuária, Luís Eduardo Rangel, garantiu que está participando de todas as discussões sobre o processo de mudança na SDA e que, se implementado, o serviço será ainda mais robusto.

 

Na solenidade de comemoração da SDA foram homenageados 18 servidores e ex-servidores que se destacaram em suas atividades ao longo das últimas quatro décadas.

 

Também foi apresentado ao ministro o serviço de cães farejadores do Ministério que atuam em aeroportos brasileiros apoiando o trabalho de fiscalização.

 

A SDA atua na formulação de políticas públicas voltadas para a garantia da sanidade vegetal e animal, a inocuidade dos insumos e a credibilidade dos serviços utilizados na agropecuária.