Maggi alerta para déficit de checadores de vôo

Segunda-feira, 27/06/2011 às 09:45, Imprensa Blairo Maggi

 

O vice-presidente da Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado Federal, senador Blairo Maggi (PR-MT), cobrará junto ao governo federal e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) o acompanhamento com mais rigor da atuação de checadores de vôo no país. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (2), durante audiência da comissão que apreciou nome indicado pela Presidência da República para assumir a diretoria da agência.
Os checadores de vôo são os profissionais responsáveis por examinar quem está ou não capacitado para pilotar uma aeronave. Em reunião prévia com Marcelo Pacheco dos Guaranys, indicado para a diretoria da Anac, Blairo Maggi relatou as dificuldades enfrentadas pelos comandantes de vôo em Mato Grosso diante do déficit de checadores em atividade na região.

Conforme alerta o vice-presidente da Comissão de Infraestrutura, é necessário que a Anac aumente, com urgência, a quantidade desses profissionais. “Em Mato Grosso, por exemplo, temos grandes comandantes com muitas horas de vôo, que poderiam atuar como checadores na região. Essa pode ser uma solução. O governo federal e a Anac precisam avaliar essa questão”, declarou Maggi. 

Sabatina - A sabatina de Marcelo Pacheco Guaranys deve acontecer na próxima reunião da CI, na semana que vem. Durante a apreciação prévia nesta manhã, a indicação feita pela presidenta Dilma Rousseff (PT) foi ratificada pelo relator, senador Walter Pinheiro (PT-BA), e pelos demais senadores membros da comissão.
Além da sabatina na comissão, o nome de Guaranys ainda terá que ser aprovado no plenário do Senado. Caso tenha a chancela da Casa, ele ocupará a vaga deixada por Solange Vieira na direção da agência, que concluiu o mandato em março. Desde então, o órgão vem sendo conduzido por Carlos Eduardo Pellegrino.