Em Cuiabá, Maggi defende abertura de mercado para exportação e importação

Segunda-feira, 10/07/2017 às 00:00, Imprensa Blairo Maggi
"Somos o pas mais fechado para importao, e o mercado deve ser uma via de mo dupla", disse o ministro da Agricultura, Pecuria e Abastecimento, Blairo Maggi, nesta segunda-feira (10.07), na 53a Expoagro, durante participao no painel "Agronegcio nos dias de hoje e perspectivas para o futuro". Maggi acredita que para aumentar a participao do Brasil no mercado internacional, dos atuais 6,9% para 10% em 5 anos, necessrio abrir mercado tambm para a importao. "A China, por exemplo, o maior produtor agrcola do mundo. Eles tm quase 10% das exportaes mundiais, passaram o Brasil", lembrou. Segundo Blairo, o foco nacional deve ser o mercado asitico. "A sia tem 50% da populao mundial, hoje, algo em torno de 1 bilho de pessoas que esto na classe mdia, um populao que s crescer. Temos que focar l, onde a demanda por alimentos ser sempre grande". Em contrapartida, conforme defende, Maggi diz que o Pas deve abrir as "porteiras" para receber produtos e servios internacionais. "Os EUA, por exemplo, importam 148 bilhes por ano e exportam quase a mesma quantia. A China exporta 72 bilhes e importa mais, algo em torno de 110 bi. No Brasil temos 71 bilhes em exportao e importamos apenas 11. Somos um dos mercados mais fechados para a importao", alertou. FUTURO Aps a realizao da operao carne fraca, Blairo lembra que todos os pases passaram a fazer fiscalizao de 100% dos produtos brasileiros. "Antes era feita por amostragem, algo em torno de 5%, agora no passa nada". "Com muito trabalho ao longo dos anos conquistamos vrios mercados, agora, temos que reconquistar a confiana de cada um deles para nos mantermos competitivos", encerrou.